sábado, 19 de julho de 2014

Um ano inteirinho com você

De repente eu senti vontade de me mudar pra São Paulo. Não tinha nada o que fazer aqui. Mas foi dando tudo certo. Arrumei emprego, casa. Fiz amigos rapidamente. Tudo foi encaminhando e eu fui ficando assustada com a velocidade com que as coisas aconteciam nesta cidade. Em menos de um ano eu já estava no meu 3º emprego. Mas faltava uma coisa. Não sabia direito o que era. Um sentimento vazio. Um espaço a ser preenchido. Uma amiga querida me contou sua história. Me interessei logo de cara. Quero conhecer essa pessoa, Ju. Me apresenta! A Ju enrolou. Mas ela sabia o momento certo. Ouvi sua voz pela primeira vez no telefone. - Ele vai, disse a Ju. Finalmente vocês irão se conhecer. Todos sabiam, menos você. Naquele dia me preparei. Coloquei um sobretudo vermelho, bota e até passei maquiagem. Você chegou com a roupa de trabalho, a carinha cansada e portando uma marmita com chuchu. Cumprimentou todos da mesa, menos eu. Estava no cantinho em um lugar inacessível. E a Ju disse: “essa é a Aline”. Você, tímido, respondeu: “eu sou o Antonio”. Pronto, ali eu já vi que passaria o resto da minha vida com você. Não soube me expressar muito. Porém eu ganhei a dica: “faça piadinhas e entre na dele”. E foi assim por uma semana. Conversas, piadas, convites, propostas. E de repente eu quase estraguei tudo. Porque apesar da certeza, a insegurança batia forte. Mas por uma chuva, um bar e uma pausa na prosa, tudo se desenrolou. E hoje faz um ano que tudo aconteceu. Que eu finalmente te encontrei. Comecei a ver futebol. Todos! E até fiquei um pouco entendida da coisa. Não precisei mais usar maquiagem. Você tomou gosto por seriados americanos, daqueles que se passa o tempo. E largou alguns vícios, os quais me incomodavam e te prejudicavam. Nós fizemos planos. Estão em andamento. E permanecerão, pela eternidade. Que nossos objetivos nunca terminem. Que haja sabedoria para que caminhemos juntos na mesma sintonia. Amo você sem medida. E é essa a melhor medida de amar. Feliz um ano!

2 comentários:

Débora Tomita disse...

Aiii Frô...que texto mais lindo! Fiquei emocionada aqui! Parabéns para vcs! Que este amor, companheirismo e amizade permaneçam para sempre!
Muita saudade!
Bjooo da japinha da Biriba

Lika FRÔ disse...

Oiiii Débinha, que saudades! Obrigada por ter lido e comentado. E também desejo que você e o Jhonny sigam sempre lindos, como sempre foram! Beijoooos japinha linda :*